Empresário é preso acusado de mandar incendiar loja concorrente em João Pessoa

Imagens gravadas pelo circuito de segurança do estabelecimento vizinho

A Polícia Civil realiza a operação Nero na manhã desta terça-feira (09/11) como parte das investigações sobre o incêndio criminoso contra uma loja de artigos importados localizada em João Pessoa, no mês de agosto. Um empresário foi preso no estado do Maranhão acusado de ser o mandante do crime. Ele é proprietário de uma loja concorrente, também localizada na Capital.

O advogado de defesa de Volnei Marques Lima afirmou que essa investigação vem perdurando e a defesa entende que não há provas para o empresário ser indiciado.  O advogado afirmou que já deu entrada no pedido de habeas corpus do empresário.

Quatro mandados de busca e apreensão e um de prisão. Na casa do proprietário foram apreendidos 21 mil reais em dinheiro e um carro de luxo.

Imagens gravadas pelo circuito de segurança do estabelecimento vizinho mostram o momento em que a dupla suspeita de ter cometido o incêndio começa a ação. No vídeo, é possível identificar quando dois homens passam na frente da loja. Um deles tira uma garrafa de dentro da mochila e a coloca na porta. O conteúdo do recipiente pode ter provocado as chamas.

FONTE: MaisPB

Deixe seu Comentários

Comentários